quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Saiba o que os astros reservam para os próximos meses

Saiba o que os astros reservam para os próximos meses
Eunice Ferrar

Nunca um outubro foi tão desejado como este, de 2009. Todos podemos afirmar que agosto e setembro foram meses difíceis para as pessoas minimamente sensíveis e conectadas com o astral. Alguns aspectos de planetas poderosos, unidos a um mercúrio retrógrado durante quase todo setembro, colocaram em cheque nossa paciência, tolerância e fé.

No entanto, neste mês de outubro podemos esperar por alguns acontecimentos no mundo dos astros que tornarão mais interessantes e leves nosso dia a dia. Podemos dizer também que este será o ultimo mês de dificuldades para virginianos, piscianos, geminianos e sagitarianos, pois saturno deixa o signo de virgem. Esses quatro signos podem começar desde já a temporada de comemoração, já que passam por provações, uns mais severas, outros mais leves, desde aproximadamente 1995. Nada mais justo do que uma temporada intensa e longa de festejos e comemorações. Os carmas foram cumpridos, as lições aprendidas na medida do possível e os erros não devem ser repetidos.

A partir de 15 de outubro todos nós, de Áries a Peixes, também podemos comemorar a volta do movimento direto de Júpiter em Sagitário, mais um ótimo acontecimento para as pessoas desse signo. Preparem-se todos, pois a vida, incluindo relacionamentos, finanças, saúde e trabalho, volta a caminhar para frente. Caso ainda existam algumas arestas para serem aparadas, especialmente para os signos que passam por fortes provações desde 2007, este é um mês para se fazer isso sem dó nem piedade.

Todos nós devemos nos preparar para a entrada em uma nova fase e para isso devemos parar para refletir sobre os caminhos que queremos abrir para adentrar nesta fase pela porta da frente. Para tanto, é importante que cada signo, sol ou ascendente, saiba qual a próxima etapa de vida a ser trabalhada. Confira a tabela abaixo e comece a se conectar com sua nova fase, que está sendo preparada em outubro e se inicia com força total no dia 1º de novembro:


aries Áries: 21/03 a 20/04
Nesta nova fase, você estará voltado aos relacionamentos. Podem ser pessoais ou comerciais. Seu aprendizado será nesse setor, trazendo à tona sua forma de se relacionar, visando o aprendizado das necessidades do outro na relação. Isso envolverá novas parcerias comerciais e namoros mais sérios e que podem levá-lo ao altar.

touro Touro: 21/04 a 20/05
O trabalho e a saúde farão parte de seus objetivos e preocupações nesta próxima etapa de vida. Nesta fase, seu objetivo será a estruturação de um corpo mais saudável e isso envolverá um bom e severo programa de exercícios e alimentação. Além de novas metas e criação de estruturação no trabalho.

gêmeos Gêmeos: 21/05 a 20/06
Você passará por algumas provações no setor amoroso que o levará a questionar sua maneira de amar e ser amado. Você entrará em contato com suas verdadeiras necessidades emocionais e, no final desse processo, perceberá claramente o amadurecimento nesse setor. Possível relacionamento com pessoa mais velha ou madura.

cancer Câncer: 21/06 a 21/07
Você estará mais em contato com questões domésticas e familiares, além de possíveis mudanças e estruturação de sua carreira. É possível que você mude de casa ou que enfrente algum problema nesse setor. Haverá restrições nos relacionamentos familiares, mas estruturação desse setor. Pode haver casamento.

leao Leão: 22/07 a 22/08
Seu relacionamento com o meio ambiente, assim como sua maneira de se comunicar com ele e com as pessoas em geral será o foco de suas preocupações durante esta fase. É possível que você se empenhe no estudo de algo novo que futuramente será importante para sua carreira. Você estará mais fechado.

virgem Virgem: 23/08 a 22/09
A principio você sentirá um grande alívio, pois o peso que trazia em suas costas desde 2007 é deixado para trás. Nesta fase, você estará empenhado em estruturar definitivamente sua vida financeira. Estará totalmente voltado para seus valores pessoais e aquisição material. Nada de romantismo.

libra Libra: 23/09 a 22/10
Nesta fase, você sentirá necessidade de estruturar toda sua vida, desde os relacionamentos, finanças, trabalho, emoções, enfim, as energias estarão muito poderosas em sua vida. As responsabilidades aumentarão e você vai sentir uma nova fase despontando, já no início de novembro. Prepare-se.

escorpiao Escorpião: 23/10 a 21/11
Já no início de novembro você começa a sentir uma espécie de estranhamento a tudo o que deu sentido em sua vida. Você entra em uma fase de crise que vai envolver a finalização de um ciclo de 28 anos. Quando esses sentimentos vierem à tona, você começa a aprender a entrega. Aprenda a meditar.

sagitario Sagitário: 22/11 a 21/12
Neste período, você estará mais voltado para os trabalhos em equipe e em empresas. Fará novas parcerias e desenvolverá projetos que beneficiarão uma comunidade inteira. As amizades terão papel fundamental nesse processo. Fase bem mais leve e agradável que a anterior.

capricornio Capricórnio: 22/12 a 20/01
Sua carreira e vida profissional estarão em foco e o crescimento e estruturação nesse setor serão seus principais objetivos nessa fase. Você, que sempre foi conhecidamente o maior trabalhador do zodíaco, junto com touro, luta obsessivamente pelo reconhecimento definitivo nos próximos dois anos.

aquario Aquário: 21/01 a 19/02
Nesta fase, você estará voltado para a busca de uma filosofia e religiosidade que deem maior sentido à sua vida. É possível que você volte a estudar, ou se já estuda estará mais empenhado em se especializar. Na verdade esta é uma fase de preparação para a próxima: daqui dois anos você estará voltado totalmente para sua carreira.

peixes Peixes: 20/02 a 20/03
Você estará mais empenhado em compreender suas emoções e verdadeiras necessidades emocionais e isso pode envolver a entrega a um relacionamento efetivamente transformador. Pode ser que você se envolva em alguma sociedade. Caso isso aconteça, procure estabelecer o que cabe a cada parte.

Recebido por e-mail em 30 Set 09 de Rafaela S.

TRANSMISSÃO URGENTE DAS PLÊIADES E SIRIUS

TRANSMISSÃO URGENTE DAS PLÊIADES E SIRIUS

Saudações de Amor e Respeito a todos os Seres de Luz da Terra. Os Conselhos Pleiadianos e Siriano, membros da Federação Galáctica de Luz e da Ordem de Melchisedec falam agora a respeito do portal 9-9-9 do seu ano terreno de 2009. Este é um dia de grande ativação de Energias Superiores e motivo de grande celebração em seu belo planeta azul-esverdeado!
Nós assistimos o desenrolar das mudanças de energia através dos portais de 1-1-1 até o portal 8-8-8 de poder e vemos em seu futuro o 9-9-9 até o 12-12-12, que dá passagem ao alvorecer da ERA DE LUZ sobre Gaia.
Nós empregamos essas sincronicidades numéricas de seu calendário para chamar sua atenção para os estágios de ativação de sua Grade de Consciência Crística, que permite a sua Ascensão.
A ativação dos 9 grandes Cristais Mestre da Atlântida é fundamental na transferência de energia desta Grade Cristalina, e portanto de vocês e seu planeta.
Para compreender isto, considerem primeiro a fonte de toda a vida dentro do corpo de seu Planeta e sobre a sua superfície, o cristal do núcleo de ferro, que é o útero da Deusa Terra, Gaia.
A partir deste imenso e poderoso núcleo cristalino se irradia a energia que insufla a vida em todas as manifestações minerais, cristalinas, elementais e físicas de sua realidade tridimensional.
Vocês estão conectados com Ela, o núcleo cristalino através das partículas de ferro nos rios de sangue dentro de seus corpos, e o seu coração pulsa através do coração dela através dessa ressonância.
Gaia canta sua canção para vocês através de seu cristal central, que é a fonte de toda a vida em seu planeta e dentro do seu corpo.
Em segundo lugar, meus queridos, considerem as grandes ondas de Energia Luminosa que são irradiadas sobre o seu planeta, a energia solar do seu grande Sol, a radiação das estrelas de muitos sistemas estelares que assistem em sua ascensão e do próprio Grande Sol Central!
Essas energias dimensionais mais elevadas trabalham com o Ser Terra em sua transformação.
É através de sua consciência e conexão com AMBAS as energias cristalinas do núcleo da Terra e as energias das Dimensões mais elevadas que a sua transformação é atingida da maneira mais fácil e cheia de alegria.
Os 9 grandes Cristais de Atlântida tem estado dormentes dentro do ser da Terra por éons, aguardando a hora na Terra em que as energias fossem novamente elevadas o suficiente para que fossem reativadas, afim de preencherem seu papel original da assisti-los em sua transição para a multi-dimensionalidade.
Os Conselhos de Luz dos Mestres Ascensionados trabalham com os guerreiros de luz de Gaia e com o Cristal do núcleo na reativação dos grandes cristais da Atlântida, visando a Sua própria reativação.
A multi-dimensionalidade é o estado para o qual vocês se dirigem neste momento. A sua abertura para as Nações Estelares é uma indicação disto, não é?
O seu desejo de interagir conosco e a abertura de seus horizontes para a verdade sobre sua realidade é a sua segurança de que vocês estão despertando para o seu potencial como Seres de Luz multi-dimensionais.
Nós os chamamos de irmãos e irmãs, nós os chamamos de crianças, nossas palavras carinhosas mostram o nosso profundo amor e respeito por vocês, queridos povos da Terra.
Compreendam agora, de uma vez por todas, QUE VOCÊS TAMBÉM SÃO SERES ESTELARES. A semente do nosso DNA está em vocês e também o DNA de muitas outras raças estelares.
Vocês estão codificados para DESPERTAR, neste momento da evolução de Gaia, na direção da Luz e vocês o fazem agora com a assistência de Seres de Luz, tanto na terra como em dimensões superiores.
No dia 9-9-9 desperta o Cristal Esmeralda de cura!
Como o chakra esmeralda dentro do seu peito, ele é o balanceador, o regulador do processo de despertar. O seu despertar dispara a ativação do terceiro, quarto e quinto cristais dos nove e esta onda de poder sem precedentes dá passagem à nova ERA DE LUZ – a Idade Cristalina com tem sido chamada.
Nós lhes pedimos que celebrem este dia se reunindo, caros filhos! Vocês são uma tribo e agora estão se lembrando disto. É hora de se reunirem nos momentos de poder para comemorar as horas fundamentais dos Equinócios e Solstícios, e as 12 datas tríplices que refletem os estágios de ativação da Grade Dodecaédrica de 12 facetas.
Meditem juntos, elevando suas energias em uníssono, para criar portais de Luz ao redor do globo! Conectem-se através de seus chakras cardíacos e do terceiro olho, combinados com as grades de Gaia, a nova grade eletromagnética e a Grade Dodecaédrica de Consciência Crística, conectem-se com os leitos de cristal dentro do Corpo de Gaia e irradiem amor para para o núcleo cristalino que está no coração dela. Não deixem este dia passar sem que o reconheçam e comemorem, filhos da Terra!
O TEMPO É AGORA para vocês despertarem para o Plano Divino e nós celebraremos isto com vocês.
O nosso grande amor, nós lhe oferecemos.

NAMASTE

Canal –Solara An-Ra
http://www.youtube.com/watch?v=HGbIPdtuJj4

Recebido por e-mail em 28 Set 09, Rafaela S.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Como ser um doador de órgãos?


28/09/2009

Como ser um doador de órgãos?

Com agências

Campanha para doação de órgãos

O Ministério da Saúde lançou uma campanha nacional para incentivar a doação de órgãos para transplante. Pesquisas de opinião apontam que 60% da população brasileira se diz doadora. No entanto, o número de doadores efetivos no país é de 8,6 para cada um milhão de habitantes. Na Espanha, esse número chega a 36 por um milhão de habitantes.

Com o slogan A Vida é Feita de Conversas. Basta uma para Salvar Vidas, a campanha pretende informar a população sobre o que é necessário para manifestar a vontade de ser um doador.

Confira algumas informações sobre a doação de órgãos:

O que é preciso para ser um doador?

Para ser doador, no Brasil, não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento. Muitas pessoas acham que é preciso registrar a opção de doador de órgãos na carteira de motorista, mas isso não é mais necessário. Basta conversar com a família sobre seu desejo de ser doador. A doação de órgãos só acontecerá após autorização familiar.

Quais os tipos de doador?

Doador vivo: qualquer pessoa saudável que concorde com a doação, desde que não prejudique sua própria saúde. O doador vivo pode doar um dos rins, parte do fígado, parte da medula óssea e parte do pulmão. Pela lei, parentes até quarto grau e cônjuges podem ser doadores; não parentes, somente com autorização judicial.

Doador falecido são pacientes com morte encefálica, geralmente vítimas de catástrofes cerebrais, como traumatismo craniano ou AVC (derrame cerebral).

Quais órgãos e tecidos podem ser obtidos de um doador falecido?

Coração, pulmões, fígado, pâncreas, intestino, rins, córnea, veias, ossos e tendões. Portanto, um único doador pode salvar inúmeras vidas. A retirada dos órgãos é realizada em centro cirúrgico, como qualquer outra cirurgia.

Para quem vão os órgãos?

Os órgãos doados vão para pacientes que necessitam de um transplante e estão aguardando em lista única, definida pela Central de Transplantes da Secretaria de Saúde de cada estado e controlada pelo Sistema Nacional de Transplantes.

É possível ter certeza do diagnóstico de morte encefálica?

Sim. O diagnóstico de morte encefálica é regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina. Dois médicos de diferentes áreas examinam o paciente, sempre com a comprovação de um exame complementar, que é interpretado por um terceiro médico. Não existe dúvida quanto ao diagnóstico.

Após a doação o corpo do doador fica deformado?

Não. A retirada dos órgãos é uma cirurgia como qualquer outra e o doador poderá ser velado normalmente.


Fonte: http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=como-doador-orgaos&id=4566&nl=sit, em 29 Set 09, às 12h31min


Mensagens subliminares negativas produzem mais resultado

EM FUNÇÃO DA REPORTAGEM ABAIXO É IMPORTANTE CUIDAR O QUE FALAMOS!

INFELIZMENTE AS PALAVRAS NEGATIVAS FICAM MAIS GRAVADAS!

LEMBRE DISSO AO FALAR COM ALGUÉM. PRINCIPALMENTE SE AMA ESSA PESSOA!


29/09/2009

Mensagens subliminares negativas produzem mais resultado

Redação do Diário da Saúde

Mensagens negativas

As pessoas são capazes de perceber mensagens subliminares, particularmente se seu teor é negativo, diz um estudo britânico.

Em três experimentos realizados por pesquisadores da Universidade College London, na Inglaterra, participantes foram expostos, durante curtos períodos de tempo, a imagens que continham palavras neutras, negativas ou positivas.

As palavras apareciam de forma camuflada, ou seja, não eram facilmente identificáveis. Após observar as imagens, os voluntários tinham de classificá-las, dizendo se elas sugeriam alguma emoção ou não.

No final, os participantes foram capazes de categorizar corretamente 66% das palavras negativas subliminares em comparação com apenas 50% das positivas.

Sinais sutis

Os autores do estudo, publicado na revista científica Emotion, disseram que a habilidade de reagirmos a sinais sutis nos ajuda a evitar o perigo.

Nos experimentos, a cientista Nilli Lavie mostrou aos 50 participantes uma série de palavras em uma tela de computador. Cada palavra aparecia na tela por apenas uma fração de segundo - tempo tão pequeno que não permitia que o participante conscientemente lesse a palavra.

As palavras eram positivas (alegre, flor, paz), negativas (agonia, desespero, assassinato) ou neutras (caixa, orelha, chaleira).

Após ver cada palavra, os participantes tinham de dizer se ela era neutra ou tinha impacto emocional (positivo ou negativo) e quão confiantes estavam em relação a sua escolha.

Os pesquisadores verificaram que os participantes tendiam a responder mais precisamente após ser expostos a palavras negativas mesmo quando acreditavam que estavam apenas adivinhando suas respostas.

Vantagem evolutiva

"Nós demonstramos que as pessoas são capazes de perceber o valor emocional de mensagens subliminares e provamos conclusivamente que as pessoas são muito mais sensíveis a palavras negativas", disse Lavie.

"Claramente, responder rapidamente a informações emocionais é vantajoso do ponto de vista evolutivo."

"Não podemos esperar que o consciente entre em ação se vemos alguém correndo em nossa direção com uma faca ou se estamos dirigindo em meio à neblina e vemos um aviso de perigo."

Aplicações no marketing

A pesquisadora disse que seu trabalho pode ter aplicações em campanhas de marketing: "Palavras negativas podem ter impacto mais rápido", disse.

O slogan "Mate a sua Velocidade", por exemplo, pode funcionar melhor do que "Diminua", ela sugere.

Entretanto, o especialista em psicologia do marketing Paul Buckley, da Escola de Administração de Cardiff, no País de Gales, disse que não há evidências de que mensagens subliminares funcionam em situações reais do dia-a-dia.

"Em termos práticos, este (experimento) não reflete necessariamente o que aconteceria na vida real".

Breve histórico das mensagens subliminares

  • 1957: Especialista em pesquisas de mercado James Vicary disse que imagens subliminares projetadas em uma tela de cinema em New Jersey tinham feito com que o público comprasse mais comida e bebida
  • Vicary criou o termo ''propaganda subliminar''
  • Em 1958, Grã-Bretanha, Estados Unidos e Austrália proibiram a prática
  • 1962: James Vicary admitiu ter falsificado os resultados do seu estudo
  • 1974: Apesar da falta de evidências de que mensagens subliminares funcionem, a ONU declarou que seu uso é uma séria ameaça aos direitos humanos
  • 1985: Joe Stuessy disse ao senado americano que eram necessárias mais pesquisas sobre o uso de mensagens subliminares em música heavy metal
  • 1990: A banda Judas Priest foi levada para o tribunal pelos pais de meninos que se suicidaram após ouvir os discos da banda. O Judas Priest disse que se quisesse incluir mensagens subliminares em seus discos, elas seriam usadas para dizer às crianças que comprassem mais CDs.
Fonte: http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=mensagens-subliminares-negativas-produzem-mais-resultado&id=4571&nl=sit, em 29 Set 09, às 12h29min

Suas memórias ficam guardadas mesmo que você não se lembre delas


28/09/2009

Suas memórias ficam guardadas mesmo que você não se lembre delas

Jennifer Fitzenberger

Memórias escondidas

Você vê uma pessoa na rua que lhe parece familiar, mas não consegue lembrar seu nome e nem de onde a conhece. Uma nova pesquisa feita da Universidade de Irvine (EUA) sugere que sua memória sobre essa pessoa está lá, em alguma parte do seu cérebro - você apenas não consegue acessá-la.

Usando técnicas avançadas para fazer imagens do cérebro, os cientistas descobriram que a atividade cerebral de uma pessoa quando ela se lembra de um evento passado é muito semelhante à atividade que ocorre quando ela passa por uma experiência pela primeira vez. Isto é verdade mesmo quando a pessoa não consegue se lembrar de detalhes de uma experiência passada.

Lembrar e esquecer quando necessário

Observando as imagens, os cientistas verificaram que os padrões de toda a cena anterior reaparecem no cérebro, mesmo que a pessoa não esteja consciente dos detalhes. Ou seja, a pessoa afirma não se lembrar, mas o "cérebro está se lembrando."

"Se os detalhes continuam lá, então poderá ser possível descobrir uma forma de acessá-los," diz Jeff Johnson, um dos autores do estudo que foi publicado no exemplar de Setembro do jornal médico Neuron.

"Entendendo como isso funciona em adultos jovens e saudáveis nós poderemos potencialmente ter ideias para lidar com situações onde nossas memórias falham de forma mais séria, como quando envelhecemos," diz ele. "Isto poderá ajudar também a lidar com memória vívidas de eventos traumáticos que nós gostaríamos de esquecer."

O experimento

Na pesquisa, estudantes foram colocados em um equipamento de ressonância magnética funcional (fMRI). Os pesquisadores mostravam-lhes palavras escritas e lhes pediam para fazer diversas tarefas: imaginar como um artista iria desenhar o objeto representado pela palavra, pensar sobre como o objeto é usado ou "pronunciar mentalmente" a palavra de trás para frente.

O equipamento de fMRI capturava imagens da atividade em seus cérebros durante cada uma das atividades.

Cerca de 20 minutos mais tarde, os estudantes viam as palavras uma segunda vez, devendo lembrar-se de quaisquer detalhes ligados a elas. Novamente foram feitas imagens da atividade de seus cérebros.

Memórias não conscientes

Utilizando um método matemático chamado análise de padrões, os cientistas associaram as diversas tarefas com padrões distintos de atividade cerebral. Quando um estudante tinha uma forte lembrança de uma palavra a partir de uma tarefa específica, o padrão era muito semelhante àquele gerado durante a própria tarefa.

Quando ele não se lembrava ou se lembrava apenas vagamente, o padrão não era tão proeminente, mas ainda assim podia ser reconhecido como pertencendo àquela tarefa em particular.

"O analisador de padrões pode identificar as tarefas com precisão com base nos padrões gerados, esteja a pessoa lembrando ou não de detalhes específicos," diz Johnson. "Isto nos diz se o cérebro sabe alguma coisa sobre o que aconteceu, mesmo se a pessoa não está consciente da informação."


Fonte: http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=memorias-ficam-guardadas-mesmo-voce-nao-se-lembre&id=4540&nl=sit, em 29 Set 09, às 12h23min

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A fórmula do amor eterno

Reportagem da Revista Época, de 12 Jan 09, Ed. 556

Os avanços da genética e das técnicas para mapear o cérebro ajudam a explicar por que certas paixões duram e outras não
Marcela Buscato e Martha Mendonça. Com Danilo Casaletti
Revista Época

O segredo da paixão eterna é a ativação de um circuito na área tegmentar ventral, uma região do mesencéfalo, no meio da cabeça. Certo, não soa nem um pouco romântico, mas essa descoberta de cientistas de duas universidades americanas, noticiada na semana passada, pode ajudar a entender por que alguns relacionamentos duram tanto e outros tão pouco. A área tegmentar ventral é acionada quando algo nos dá prazer. Os pesquisadores das universidades Rutgers e Stony Brook, nos Estados Unidos, detectaram em imagens computadorizadas um pequeno ponto de luz, indicador desse circuito cerebral em atividade, nas pessoas que têm relacionamentos estáveis há pelo menos duas décadas. Pode ser a prova de que não é uma ilusão a paixão que permanece tão intensa quanto no primeiro dia.

“O contexto do início ajudou muito. Jovens, belos, isolados no Xingu, nadando seminus em rios límpidos. Éramos pura sensação, todos os sentidos aguçados no meio do nada, longe da cidade e do barulho. A química foi perfeita, o desejo irrefreável, aquela coisa que sai faísca. Mas o melhor é dizer que até hoje somos assim. Respeitamos a individualidade do outro, mas sentimos muita saudade quando um trabalho nos separa. Trocamos e-mails, pegamos avião para passar um tempo mínimo com o outro. O Ri é muito generoso, o tipo de homem doador. Cada reação dele diante de coisas grandes ou pequenas é coerente, é bonita. E temos muito tesão, sem o qual nada pode seguir adiante”
Rogério Albuquerque
Bruna Lombardi, 56 anos, e Carlos Alberto Riccelli, 61 anos, estão juntos desde 1978. Conheceram-se gravando Aritana, novela sobre uma índia do Xingu
“É difícil falar do que mais gosto em uma mulher tão linda como a que eu tenho. Dá para dizer ‘tudo’? Na primeira vez que bati o olho, pensei, impressionado, o que qualquer homem pensaria em relação a ela. Adoro os olhos, a boca, as pernas, os pés, o jeito como ela se mexe. A lista é enorme! Mas o melhor é que não é só isso. Atrás daquilo tudo havia uma mulher inteligentíssima, brilhante, apaixonada pela vida. O começo é importante, mas para que dê certo as pessoas precisam querer continuar acertando. Não existe um segredo. As pessoas são diferentes e a interação delas também. O Universo conspira, mas precisamos fazer a nossa parte”

Casais de longa data que se dizem tão apaixonados quanto no primeiro encontro – como alguns dos que contam a ÉPOCA, nestas páginas, como encaram o amor – não estariam, portanto, se iludindo, como apregoam os céticos e os de coração calejado – ou cérebro desligado. Os pesquisadores compararam o cérebro de 17 homens e mulheres que relatavam sentir uma paixão intensa pelos companheiros de décadas com os de namorados há menos de um ano juntos. Um equipamento de ressonância magnética mostrou que, ao verem fotos do parceiro, os cérebros dos apaixonados veteranos reagiram da mesma maneira que os dos namorados recentes: a tal “área tegmentar ventral” foi ativada.

“Nós ainda não temos certeza quanto aos fatores que fazem a paixão durar tanto tempo em alguns casais”, diz o psicólogo Arthur Aron, um dos coordenadores do estudo. Mas há suspeitas de que esses motivos sejam mais uma questão de “quem” em vez de “o quê”. “É preciso escolher a pessoa certa para que a paixão seja duradoura”, diz a antropóloga Helen Fisher, outra coautora do estudo e uma das mais respeitadas especialistas nas transformações cerebrais causadas pela paixão (entrevista no final).

Os avanços da ciência nos últimos anos podem ajudar na busca pelo parceiro ideal? Ao que tudo indica, sim. As técnicas de mapeamento do cérebro já conseguem mostrar o que acontece com ele quando estamos apaixonados. E a genética está ajudando a explicar por que nos sentimos atraídos por determinadas pessoas e por que outras que teriam tudo para nos atrair se tornarão, no máximo, bons amigos. Já são vendidos testes genéticos com a promessa de unir casais que teriam literalmente nascido um para o outro. Pode ser um pouco precipitado, considerando o estágio atual das pesquisas. Mas até que ponto a ciência pode determinar por quem nos apaixonamos? Os sintomas clássicos do surgimento da paixão – o frio no estômago e as mãos suando – poderiam ser trocados por um impessoal exame de laboratório?

A fórmula do amor eterno
Os avanços da genética e das técnicas para mapear o cérebro ajudam a explicar por que certas paixões duram e outras não
Marcela Buscato e Martha Mendonça. Com Danilo Casaletti

Para algumas pessoas, isso já é realidade. Por US$ 1.995,95, a empresa americana ScientificMatch diz encontrar o parceiro mais compatível geneticamente com seus clientes – mas apenas entre a seleta base de usuários cadastrados em seu site, porque o exame está disponível apenas em algumas regiões dos Estados Unidos. No laboratório suíço GenePartner, um serviço semelhante custa US$ 299. Casais que queiram se certificar de que seus perfis genéticos combinam têm de desembolsar US$ 399. Sete brasileiros já solicitaram os serviços do GenePartner, segundo a bioquímica Tamara Brown, diretora-técnica do laboratório. A empresa já está negociando uma parceria com um site brasileiro. “Planejamos lançar o Enamorados até fevereiro”, diz Christina de Moura Coutinho, sócia do projeto brasileiro. Os testes genéticos devem ter preços semelhantes aos do GenePartner, porque serão feitos no laboratório suíço.

“O amor é uma vibração, algo que você sente e que não tem uma explicação lógica, racional. Quando conheci a Andréia, senti que ali existia algo a mais. Sou uma pessoa muito mística e sabia que ia conseguir conquistá-la. A paixão acontece, depois ela se acalma e o amor é o que fica. Mas a Andréia e eu sempre conseguimos, mesmo depois de tanto tempo, manter a chama acesa. A maturidade e o tempo de relação nos trouxeram algo fundamental: a capacidade de passar pelos momentos bons e ruins da vida de uma maneira muito suave. Fico feliz de ter um bom motivo para voltar para casa todos os dias”
Wagner Santos
Luigi e Andréia Baricelli, ator e empresária, ambos de 37 anos, estão juntos há 15 e têm dois filhos, de 11 e 7 anos
“Quando conheci o Luigi, ele já era ator e tive um certo receio de me envolver. Mas a insistência dele acabou me conquistando. Lembro que ele queria conhecer a minha família e eu disse que não, que era muito cedo. Certo dia, cheguei em casa e o Luigi estava lá, no sofá, conversando com minha mãe e com minha avó. No dia seguinte, ele trouxe uma mochila e um par de patins e foi ficando em casa. Com sete anos de casados, passamos por uma crise. Foi difícil superar, mas eu me empenhei. Depois disso, nossa relação ficou muito melhor, mais sincera. A cada ano que passa nos damos melhor”

Encontrar o parceiro ideal, prometem essas empresas, não exige mais produzir-se, frequentar bares e festas para solteiros ou enviar bilhetinhos amorosos. Basta passar no interior da bochecha uma haste de algodão previamente encomendada e enviar de volta, pelo correio, essa amostra de saliva e células da mucosa interna da boca. A compatibilidade genética é determinada pela análise de genes chamados MHC (sigla inglesa para “complexo principal de histocompatibilidade”). Eles controlam como o sistema de defesa do organismo reconhece e combate invasores, como fungos e bactérias. Quanto mais diferentes forem esses genes entre os parceiros, maior seria a compatibilidade. É a lógica da sobrevivência da espécie: quanto maior a diferença entre os genes MHC dos parceiros, maior a chance de produzir filhos resistentes a doenças. Parafraseando Manuel Bandeira, autor dos versos “O que tu chamas tua paixão/É tão somente curiosidade”, poderíamos dizer: “O que tu chamas tua paixão/É tão somente histocompatibilidade“.

Estudos sugerem que os MHC influenciam o odor e a saliva. Isso explicaria por que os parceiros mais “compatíveis” conosco (ou seja, aqueles com genes MHC mais díspares) teriam um beijo bom e um cheiro irresistível, enquanto entre aqueles com perfil genético parecido “a química não rola”. O psicólogo Gordon Gallup, da Universidade Estadual de Nova York, concluiu que 59% dos homens e 66% das mulheres que participaram de uma pesquisa perderam o interesse no pretendente depois do primeiro beijo. Ele acredita que eles teriam percebido pela saliva ter um sistema de defesa muito parecido com o do parceiro. Já se tornou um clássico o Estudo da Camiseta Suada, realizado em 1995 pelo cientista suíço Claus Wedekind. Ele pediu a um grupo de homens que vestissem a mesma camiseta por dois dias. Depois, pediu a um grupo de mulheres que cheirassem as camisas e apontassem quais as deixaram mais atraídas sexualmente. Wedekind descobriu que elas preferiam o cheiro dos homens com mais genes MHC diferentes. Em 2005, um estudo da Universidade Federal do Paraná obteve resultados semelhantes quando mulheres avaliaram o odor de homens – mas não quando os homens cheiraram amostras de suor feminino.

A fórmula do amor eterno
Os avanços da genética e das técnicas para mapear o cérebro ajudam a explicar por que certas paixões duram e outras não
Marcela Buscato e Martha Mendonça. Com Danilo Casaletti

Assim como essas pesquisas abrem a possibilidade de testes de DNA para a escolha do parceiro, já há estudos que levantam a hipótese de um determinismo genético também na traição. Cientistas do respeitado Instituto Karolinska, na Suécia, publicaram em setembro um estudo que assustou muitos homens. Eles estudaram 552 pares de gêmeos e suas mulheres e constataram que os homens com duas cópias de determinado gene tinham mais chances de se separar, de não estar casados oficialmente ou de ter um relacionamento em que suas parceiras não estivessem satisfeitas. O pedaço de DNA em questão ganhou logo dois apelidos – “gene do bom marido” e “gene do divórcio” (conforme o ponto de vista). Os próprios autores do estudo se apressaram a dizer que é muito cedo para falar em um exame genético que avalie a probabilidade de sucesso de um relacionamento. Afinal, inúmeros outros fatores estão relacionados ao sucesso de uma união além da simples presença ou ausência de um gene. Falta descobrir muito sobre o genoma humano, mas já se sabe que são raras as situações em que um só gene é o único responsável por determinada característica. Nossa aparência, nossa saúde e o funcionamento da nossa mente são em geral determinados por um complicado quebra-cabeça, que envolve não apenas vários genes, mas também a poderosa contribuição do ambiente em que vivemos.

“Eu sempre via o Carlos num bar que eu frequentava e gostava do que via. Ele usava um cabelo curtinho, com franjinha, tipo romano. Olhos puxados, que são meu ponto fraco. Sempre de short e tênis pretos. Difícil não reparar. Quando fomos apresentados, ele me cumprimentou abraçando minha cintura. Aí não teve mais jeito”
André Valentin
André Piva (à esq.), arquiteto, 39 anos, e Carlos Tufvesson, estilista, 40 anos, estão juntos há 13 anos
“Conheci o André porque fui convidado para o aniversário dele por um amigo em comum. De cara bateu uma atração. Braço forte, cara de matutão, jeito de gente do bem, traços italianos, olhos verdes. Encontrei a minha cara-metade, oportunidade que poucas pessoas têm na vida. Hoje em dia lutamos para que nossa relação possa ser legalizada”

É por esse motivo que nem as empresas que vendem os testes genéticos garantem 100% de acerto em seus testes. Elas não recomendam terminar um relacionamento só porque o exame indicou pouca compatibilidade. Há casais que são ligados por hobbies, religião ou outros interesses em comum. A combinação biológica não é necessariamente o fator preponderante. Embora esses testes tendam a se tornar mais precisos com a evolução dos conhecimentos sobre a química do amor, devem ser encarados como um simples indicador, entre vários outros.

Onde mora a paixão duradoura
Esqueça o coração. Estas são, segundo os cientistas, as áreas do cérebro ativas em quem se diz “intensamente apaixonado” após 20 anos de relação
Revista Época

Mesmo que encarássemos a escolha do parceiro ideal como um processo puramente “científico”, a compatibilidade entre genes MHC seria apenas um dos critérios. Do ponto de vista evolutivo, a meta de cada indivíduo é conquistar um companheiro saudável (garantia de bons genes) e com características psicológicas que revelem disposição para ajudar a criar os descendentes (o que asseguraria a sobrevivência da prole). “Como herdeiros de ancestrais que tiveram sucesso ao se reproduzir, cada um de nós carrega essas estratégias de conquista”, afirma o psicólogo americano David Buss, professor da Universidade do Texas e autor de um estudo com 9.400 pessoas, de 37 culturas, que confirmou a universalidade dos atributos buscados em um companheiro.

As características físicas, sem surpresa, parecem ser os estímulos iniciais da paixão. “Elas são bons indicadores de saúde e vigor”, afirma César Ades, pesquisador da Universidade de São Paulo e especialista em comportamento animal. As mulheres prestariam mais atenção ao rosto dos homens do que ao corpo porque a face mostra sinais de virilidade, como maxilares largos e lábios finos. Como eles são esculpidos pela ação da testosterona, um hormônio determinante nos homens, seriam sinais inequívocos de masculinidade. No caso dos homens, cintura fina e quadris largos estariam entre as características mais observadas e desejadas nas mulheres. Um estudo da Universidade do Texas apontou que a cintura (a esbelta, claro) foi a parte do corpo feminino mais citada em obras da literatura inglesa entre os séculos XVI e XVIII, da poesia chinesa do século IV ao século VI e de dois clássicos da literatura indiana entre os séculos I e III da era cristã. A falta da cintura bem marcada denunciaria gordurinhas abdominais, que, segundo alguns estudos, estariam relacionadas à infertilidade. O tamanho ideal da cintura feminina seria 70% da circunferência do quadril.

Ainda é difícil explicar como as dicas da genética e as características físicas e comportamentais consideradas atraentes se transformam em um sentimento arrebatador. Capaz de fazer o coração disparar, a mente não parar de pensar em alguém e que torna um encontro uma necessidade. Mas a ciência já sabe como o cérebro se comporta de acordo com cada emoção. Inclusive o cérebro dos gays. Usando imagens de ressonância magnética, a pesquisadora Ivanka Savic, do Instituto Karolinska, concluiu que o cérebro de mulheres homossexuais apresenta o mesmo padrão de funcionamento de homens heterossexuais. O mesmo vale para mulheres hétero e homens gays. Ao sentir o cheiro de hormônios masculinos, o hipotálamo é acionado no cérebro das mulheres e dos homens gays. Em seu estudo mais recente, Ivanka descobriu que a amígdala, uma região do cérebro associada às emoções, é ativada da mesma maneira tanto nos homens quanto nas lésbicas.

A fórmula do amor eterno
Os avanços da genética e das técnicas para mapear o cérebro ajudam a explicar por que certas paixões duram e outras não
Marcela Buscato e Martha Mendonça. Com Danilo Casaletti

A descoberta das alterações químicas no cérebro causadas pela paixão abre uma nova possibilidade: criar no futuro drogas que possam agir sobre esses circuitos cerebrais e ajudar a aplacar a dor de um rompimento ou até, quem sabe, fazer alguém se apaixonar. A hipótese foi levantada na última semana em um artigo na revista científica Nature do bioquímico Larry Young, pesquisador de genética comportamental da Universidade Emory, nos Estados Unidos. “Drogas que manipulem os sistemas cerebrais para aumentar ou diminuir o amor podem não estar distantes”, escreve. Young lembra que medicamentos como o Viagra, usado para tratar disfunção erétil masculina, e o antidepressivo Prozac já atuam sobre algumas das substâncias também envolvidas no amor e na paixão. E se pergunta se alguém acharia ruim contar com drogas que manipulem esses sentimentos. “Afinal, o amor é insanidade”, escreve.

Os estudos que retratam o funcionamento do cérebro confirmam a aura de “sentimento que foge à razão” conferida à paixão. A antropóloga Helen Fisher, a autora do estudo com os apaixonados de longa data, diz que a paixão pode ser comparada a um vício. Ela ativa partes do cérebro que integram os “circuitos de recompensa”, aqueles que nos incentivam a conseguir o que causa prazer, sejam doces, jogos de azar ou a pessoa amada. São os mesmos circuitos acionados durante o consumo de drogas. É por isso que romper um relacionamento pode causar uma espécie de crise de abstinência análoga à provocada pela falta de droga no corpo de um adicto.

“Fizemos um teste juntos no teatro, era década de 50. Quando a vi, ela usava uma boininha azul e fumava muito. Os movimentos da Nicete sempre me impressionaram, ela é muito feminina, glamourosa. Até hoje adoro os gestos dela, o sorriso, o olhar. Ela tem um romantismo que se mantém sempre atual, uma afetividade à flor da pele, mas, ao mesmo tempo, uma seriedade e uma preocupação consciente com tudo o que a cerca. Sabemos, juntos, que o mundo não parou, e é isso que nos mantém felizes”
Rogério Albuquerque
Nicete Bruno e Paulo Goulart, 76 (os dois), atores, estão casados há 54 anos, têm três filhos, sete netos e dois bisnetos
“Quando começamos a namorar, eu tinha 18 anos e só pensava no meu trabalho. Mas de cara achei o Paulo bonitinho. Ele era o galã da companhia de teatro. Ele me conquistou declamando um poema chamado “Único amor”. A voz dele é linda, e isso me marcou muito. Ele também dança muito bem. Adoramos dançar juntos até hoje. Meu marido sempre me passou a ideia de franqueza, confiabilidade, generosidade”

As transformações químicas causadas pela paixão em geral não duram muito, a não ser em casais especiais, como os estudados recentemente por Helen Fisher. Os cientistas estimam que essas alterações persistam por dois anos. Enzo Emanuele, da Universidade de Pavia, na Itália, mediu o nível dos hormônios relacionados à paixão no sangue de 39 casais juntos há dois anos. E confirmou que eles apresentavam uma concentração menor do que pessoas que declararam estar intensamente apaixonadas. Mas isso não significa que a relação esteja fadada a acabar. É nesse momento que ela pode se transformar em amor, um sentimento mais pleno e menos urgente do que a paixão.

No estudo de Helen Fisher, em parceiros de longa data foram ativadas as regiões do cérebro relacionadas à sensação de calma, enquanto áreas ligadas a sentimentos obsessivos e à ansiedade eram acionadas apenas nos casais recentes. Uma pesquisa da psiquiatra italiana Donatella Marazziti, da Universidade de Pisa, chegou a comparar a paixão ao Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), caracterizado por comportamentos repetitivos e manias. Quando comparados às demais pessoas, os níveis de serotonina, uma substância com efeito calmante, são até 40% mais baixos em quem sofre de TOC. Ou de paixão.

O amor estaria mais relacionado ao tipo de apego que há entre mãe e filho. “O amor maternal e aquele em que homem e mulher compartilham circuitos cerebrais são muito semelhantes”, afirma o neurocientista Jorge Moll Neto, coordenador da Unidade de Neurociência Cognitiva e Comportamental da Rede D’Or de hospitais e laboratórios privados, no Rio de Janeiro. Ambos são moderados pelo hormônio oxitocina, o mesmo liberado em grandes quantidades quando as mulheres amamentam e que cria um laço tão profundo entre mães e filhos. Em uma relação entre homem e mulher, a oxitocina é liberada com o orgasmo. Essa mudança química seria a maneira que a evolução “encontrou” para manter os parceiros que procriaram focados em criar os filhos. Após essa etapa, eles estariam livres de novo para se apaixonar, amar e gerar mais descendentes.

Por enquanto, conhecer a fisiologia das emoções ainda não garante a eficácia dos testes genéticos para encontrar o companheiro ideal nem o desenvolvimento de uma poção do amor. Mas ajuda a entender que é normal a paixão esfriar. Que a dor de um rompimento vai passar assim que a química cerebral acabar. E que estaremos com o coração – e o cérebro – livre para olhar para outro homem de maxilar largo ou para outra mulher de cintura fina. É a nossa natureza.


Helen Fisher - “A paixão é um vício”
A antropóloga da Universidade Rutgers, especialista em cérebros apaixonados, explica a semelhança entre se apaixonar e consumir drogas
Marcela Buscato
 Divulgação
ÉPOCA – Por que a paixão é um vício?
Helen Fisher –
Quando eu e meus colegas colocamos 32 pessoas que estavam enlouquecidamente apaixonadas em um equipamento de ressonância magnética, nós descobrimos atividade cerebral em uma região que também se torna ativa quando você sente o “barato” da cocaína. A droga ativa alguns dos mesmos circuitos do cérebro associados à paixão. Por isso, eu acredito que ela é um vício muito poderoso.

ÉPOCA – É um vício que faz mal?
Helen –
Se não for uma relação saudável ou se alguém for rejeitado, sim. Depois de tantos estudos, os pesquisadores sabem que o sofrimento de uma pessoa rejeitada é fisiológico. Os circuitos cerebrais relacionados à tomada de decisões arriscadas e, inclusive, os ligados à dor física tornam-se ativos. Hoje, levamos a dor da paixão a sério.

ÉPOCA – Já se sabe como reverter a química da paixão para impedir o sofrimento?
Helen –
É preciso “matar” essa obsessão. Jogar fora cartas e cartões, não ficar estirado na cama pensando na pessoa. Tudo isso só vai estimular os mesmos circuitos cerebrais da paixão. Faça coisas novas e excitantes com pessoas diferentes para elevar de outra maneira o nível de dopamina, uma substância estimulada pela paixão. Ria porque o riso estimula as terminações nervosas de sua face, e isso também estimula o sistema dopaminérgico. Mas a paixão não é só dor. Ela também pode fazer muito bem.

ÉPOCA – Como?
Helen –
Ela aumenta os níveis de dopamina, que é um estimulante natural. Por isso, as pessoas se tornam mais entusiasmadas e otimistas. Também fazem mais sexo – o que é bom para músculos, pele e fôlego. Mas esse estágio inicial não foi feito para durar para sempre. A função dele é focarmos energia na conquista de um companheiro.

ÉPOCA – É possível “prolongar” a paixão?
Helen –
Uma estratégia é fazer coisas novas juntos: tirar férias, viajar para lugares desconhecidos, fazer sexo em locais diferentes. A novidade estimula o sistema da dopamina no cérebro e ajuda a manter o romance excitante. Mas a melhor maneira para que a paixão dure por muito tempo é escolher a pessoa certa.

“Quando somos rejeitados, os circuitos cerebrais da dor física são ativados”
HELEN FISHER, antropóloga

ÉPOCA – Como acertar na escolha?
Helen –
O parceiro precisa se encaixar no perfil que idealizamos. São pessoas com um tipo de beleza parecido com o nosso, com valores semelhantes e com o mesmo nível socioeconômico. Também precisa haver certo mistério. Não podemos saber tudo sobre a pessoa, porque esse mistério impulsiona a ação da dopamina. Mas eu acredito que nós nos apaixonamos principalmente por pessoas geneticamente compatíveis.

ÉPOCA – Por quê?
Helen –
Cada tipo de personalidade está ligada a uma maior atividade de determinado sistema biológico. E parece que somos atraídos por parceiros com uma personalidade diversa a nossa, ou seja, geneticamente diferentes. Essa combinação estimula a química da paixão no cérebro e faz com que ela continue em ação por anos e anos.

ÉPOCA – Quais são esses tipos de personalidade genética?
Helen –
Eu divido em quatro categorias. Os exploradores têm maior atividade no sistema de dopamina, um neurotransmissor estimulante. Os construtores, no sistema de serotonina, que é calmante. Os negociadores apresentam maior atividade no sistema de estrogênio, um hormônio ligado a uma postura controladora. E os diretores têm maior atividade no sistema de testosterona, hormônio associado a comportamentos mais agressivos.

ÉPOCA – Como identificar qual é nosso tipo genético e de um possível parceiro?
Helen –
Os exploradores são pessoas curiosas, criativas, espontâneas, irreverentes, que gostam de correr riscos e procuram novidades. Os construtores tendem a ser calmos, sociáveis, populares, tradicionais. Cautelosos, mas não medrosos. Já os negociadores são muito bons em se expressar verbalmente, têm grande habilidade para lidar com as pessoas, são muito empáticos. Tendem a ser bons para fazer planejamento de longo prazo. Os dominadores são bons para lidar com sistemas com regras, tendem a ser lógicos. Mas não há uma combinação ideal entre esses tipos de personalidade. Cada uma terá suas vantagens e problemas.

ÉPOCA – Seus estudos ensinaram a senhora a controlar a paixão?
Helen –
Eu me casei com 23 anos e me separei poucos meses depois. Tive quatro relacionamentos muito longos e muito satisfatórios. Eu sei um bocado de coisas sobre a paixão, mas sou como qualquer outro tolo quando estou apaixonada.

Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI20951-15257-1,00-A+FORMULA+DO+AMOR+ETERNO.html, em 28 Set 09, às 12h


quarta-feira, 23 de setembro de 2009

45 lições para a vida:


AUTORA: REGINA BRETT, 90 ANOS, DO JORNAL THE PLAIN DEALER, CLEVELAND, OHIO Para comemorar o avanço da idade, anos atrás anotei 45 lições que a vida me ensinara. Foi a matéria mais solicitada que escrevi em toda a minha vida de colunista. Em agosto meu odômetro marcou 90, então vai aqui mais uma vez a receita:

1. A vida não é justa, mas não deixa de ser boa.

2. Quanto estiver em dúvida, só dê o primeiro pequeno passo.

3. A vida é muito curta para se perder tempo odiando alguém...

4. Seu emprego não vai cuidar de você quando ficar doente. Seus amigos e parentes é que vão fazer isto. Fique em contato.

5. Pague suas dívidas no cartão todos os meses.

6. Você não precisa sair ganhando em todas as discussões. Concorde em discordar.

7... Chore com alguém junto. Cura mais do que sozinho.

8. Não tem problema ficar braba com Deus. Ele aguenta.

9. Poupe para a aposentadoria começando com o primeiro pagamento que recebe.

10. Chocolate? Inútil resistir.

11. Faça as pazes com o passado, para que não estrague o presente.

12. Não tem problema em deixar seus filhos verem você chorar.

13. Não compare sua vida com outras. Você não tem noção da jornada que elas são.

14. Se um relacionamento for secreto, melhor não tê-lo.

15. Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe, Deus nunca pisca.

16. Respire fundo, que esfria a cabeça.

17. Descarte tudo que não seja útil, lindo ou levante o astral.

18. O que não mata, realmente te deixa mais forte. [Em bom português: o que não mata, engorda.]

19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda depende só de você, de ninguém mais.

20. Quando o negócio é conseguir o que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.

21. Acenda as velas, use o melhor lençol, use aquela lingerie de luxo. Não guarde para uma ocasião especial. Hoje é especial.

22. Prepare-se além do necessário. Depois, acompanhe o andar da carruagem.

23. Seja excêntrico agora mesmo. Não espere a velhice para usar extravagâncias.

24. O mais importante órgão sexual é o cérebro.

25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, só você mesmo.

26. Debaixo de cada desastre coloque a seguinte legenda: 'Daqui a cinco anos isto ainda terá importância?'

27. Opte sempre pela vida.

28. Perdoe tudo a todos.

29. O que os outros pensam de você não é da sua conta.

30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.

31. Por melhor ou pior que seja a situação, ela vai mudar.

32. Não se leve a sério demais. Os outros também não o fazem.

33. Acredite em milagres.

34. Deus ama você pelo que ele é, não por qualquer coisa que você tenha feito ou deixado de fazer.

35. Não faça uma auditoria da sua vida. Apareça e dê o melhor de si agora mesmo.

36. Entre envelhecer e morrer jovem, a primeira opção dá de 10 a 0..

37. Seus filhos só têm uma infância.

38. Ao fim e ao cabo, o que realmente importa é que você amou.

39. Dê uma saída todos os dias. Há milagres esperando por toda a parte.

40. Se amontoássemos nossos problemas e víssemos as pilhas dos outros, faríamos questão de ficar com os nossos.

41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo de que precisa.

42. O melhor ainda está por vir.

43. Não importa como está se sentindo – levante-se, ponha a roupa e compareça.

44. Ceda...

45. A vida não é uma flecha que, uma vez desfechada, sai voando sozinha, mas não deixa de ser uma dádiva.

Fonte> recebido por e-mail em 16 set 09 da Sedi

Florianópolis: Abrindo os caminhos Interiores

Florianópolis: Abrindo os caminhos Interiores

O Brasil é repleto de Lugares de Poder e Florianópolis é um centro de poder forte em nosso país. Possui vestígios de culturas milenares que habitaram a ilha e seus arredores. Em alguns pontos da ilha podem-se ver pedras compostas das mesmas maneiras que os Dolmens e Menires da Europa. Muitas destas pedras estão alinhadas com datas importantes, como os Solstícios e os Equinócios, marcando não apenas o calendário, mas, também, armazenando e conectando as pessoas que as visitam com o movimento macro do cosmos.

(Sol nascendo no Solstício de Verão, 22 de dezembro de 2007. Foto de A. Amorim)

Em Florianópolis também nasce um dos troncos do Peabiru, antigo caminho indígena que ligava o Atlântico ao Pacífico antes da invasão européia. Esse caminho, além de funções de integração da América do Sul, comércio e trocas entre os povos Guarani, Inca e todos os outros que se encontravam no caminho, possuía uma função energética ao seguir o mesmo traçado que o Sol e a Via Láctea marcam no nosso planeta. Percorrer os seus quase 4.000 Km era uma jornada de iniciação e de união do indivíduo com o Universo.

Sobre a Viagem a Florianópolis:

Nesta viagem aos Lugares de Poder, Allan Lopes nos conduzirá por pontos importantes da região de Florianópolis espelhando-os internamente, em uma jornada exterior e interior em busca do alinhamento e abertura dos caminhos pessoais. O resultado é a perfeita união do Ser Humano consigo mesmo, com o planeta e com o céu, nosso destino pessoal e coletivo.

O roteiro será composto de visitas a Lugares de Poder, Dolmens e Menires, locais de alinhamentos macro e microcósmicos, Sintonia com o Caminho Sagrado da América do Sul, o Peabiru, e com o Caminho Sagrado Individual.

Nosso dia a dia será composto de exercícios energizantes, práticas em grupo e atividades espirituais.

Datas: 30 de Outubro a 02 de Novembro de 2009.

Horários: O curso se inicia dia 30/10, às 12 horas, e termina dia 02/02, às 12 horas. O horário de cada dia varia conforme o roteiro do dia.

Local: Florianópolis (SC)

Total de vagas: 15 paticipantes

Investimento: Até dia 20 de Setembro = R$ 2.626,00, podendo ser pago: 1+3 de R$ 656,50.

De 20 a 25 Setembro = R$ 2.897,00, podendo ser pago em 1+2 de R$ 956,66.

De 25 de Setembro a 30 de Setembro = 3.230,00 podendo ser pago em 1+1de R$ 1615,00.

Após 30 Setembro não serão aceitas inscições.

Incluso: valor do curso, hotel (3 diárias, com café da manhã), guia local, transporte local.

Não Incluso: transporte aéreo, alimentação (exceção café da manhã) translado Aeroporto / Hotel / Aeroporto.

Inscrição: Todas as inscrições devem ser feitas com Nathália Cavanelas: (31) 9120-8905 nathalia@geobiologia.com.br

http://www.allanlopes.com.br/

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Saiba qual é o seu protetor Egípcio


Em 2769 a. C., o sábio Imhotep criou um calendário com 365 dias, dividido em doze meses sob a proteção de 12 divindades. O ano egípcio começava no dia 16 de julho, quando a estrela Sírius surgia no horizonte de Mênfis. Para saber qual a divindade que o protege, veja abaixo a tabela relacionada com o dia do seu nascimento.

16 de julho a 15 de agosto - Rá
16 de agosto a 15 de setembro - Neit
16 de setembro a 15 de outubro - Maat
16 de outubro a 15 de novembro - Osíris
16 de novembro a 15 de dezembro - Hátor
16 de dezembro a 15 de janeiro - Anúbis
16 de janeiro a 15 de fevereiro - Bastet
16 de fevereiro a 15 de março - Taueret
16 de março a 15 de abril - Sekhmet
16 de abril a 15 de maio - Ptah
16 de maio a 15 de junho - Tot
16 de junho a 15 de julho - Isis

Rá: considerada como a própria fênix, seria o pai de todos os outros deuses. Conta a lenda que um dia, seu olho - que vivia de maneira independente - fugiu ao seu controle. Ele ordenou que o trouxesse de volta, porém, ocorreu uma luta. Muitas lágrimas foram derramadas, nascendo os seres humanos. A partir de então, Rá colocou o olho na frente da sua coroa sob a forma de serpente, para comandar o mundo inteiro.
Características: quem nasce sob esta proteção tem força, poder e muita criatividade. É um ótimo líder, extrovertido e cheio de energia. Gosta de enfrentar situações difíceis e sempre consegue superá-las. Assim como o sol, sabe centralizar o poder e tudo parecer girar a sua volta. Quando contrariado, pode ficar depressivo, mas depois, volta a brilhar como o astro-rei.

Neit: deusa da caça, é representada como uma loba, vigilante e sempre fiel. É responsável pela proteção dos deuses e de suas moradas. É também chamada de “a senhora que abre os caminhos”, já que sua tarefa é guiar as pessoas ao reino dos mortos. Em outras lendas, é a protetora da educação das crianças, dos tecelões e dos trabalhos domésticos. É simbolizada como uma mulher com uma cabeça de chacal ou de cachorro. O prestigio da deusa era tão grande que até mesmo os faraós a reverenciavam como sua própria mãe. Reconhecida por sua sabedoria, foi venerada por séculos.
Características: seu protegido tem grande capacidade de análise, senso de organização e paciência. A pessoa nascida neste período é cuidadosa, prática e presta atenção aos detalhes. Está sempre muito atento ao que acontece a sua volta e consegue alcançar tudo aquilo que deseja, pois a fonte de felicidade é sinônimo de serenidade e segurança. A palavra-chave é equilíbrio. Ele sabe dar valor a casa coisa conquistada.

Maat: filha do deus Rá, ocupa um lugar muito importante no panteão egípcio, pois se transmutou na pena usada para pesar o coração daqueles que ingressaram no reino do além. É considerada a deusa do equilíbrio, dos benefícios e da justiça. Também simboliza a criação divina e a força da união, sem a qual os habitantes não poderiam nem existir.
Características: o protegido desta deusa é dotado de extrema capacidade de observação, sabedoria e consegue gerar harmonia a sua volta. Tem um temperamento afável e senso estético. Geralmente se torna famoso na carreira que optar. O único problema é que às vezes é inseguro no relacionamento amoroso, mas no final tudo sai bem. Pessoa muito querida por todos, é considerada extremamente sábia e justa.

Osíris: o mais importante deus da mitologia egípcia, rei dos deuses, governou com justiça o Egito, mas seu irmão Set o assassinou. Isis conseguiu, com seus poderes mágicos, fazê-lo reviver. Depois da sua ressurreição, Osíris e Ísis geraram Hórus. Osíris é, portanto, o deus da renovação, de tudo que morre e volta a renascer, representando o eterno ciclo da vida.
Características: seu sentimento é tremendamente forte e tem uma persistência fora do comum. Dotado de grande energia, consegue resistir a todas as dificuldades e sempre está disposto a lutar por aquilo que deseja. Ciumento e desconfiado, se não conseguir se controlar. Poderá terminar as relações de uma hora para outra sem dar explicações. Possuidor de muita intuição, quando bem canalizada tem possibilidades de se tornar um excelente pesquisador ou médium.

Hátor: considerada como uma grande sacerdotisa, é a deusa da música, da dança, dos prazeres e do amor. Ela se apresenta nas pinturas como uma vaca sagrada, uma mulher com a cabeça de vaca, uma rainha com orelhas de vaca ou com uma coroa composta de dois grandes chifres e um disco solar ao meio. É considerada também como a deusa da alegria, sendo representada com um chocalho na mão.
Características: altamente amorosa, é sempre alegre e protege seus nascidos contra qualquer tipo de contrariedade. O nascido neste período tem imenso bom humor. Sente-se atraído por grandes idéias, gosta de mudanças e o que o deixa ansioso é a solidão. Ele é feito para o sucesso.

Anúbis: guia dos mortos, sua função era a de acompanhá-los até sua última viagem para depois pesar suas almas na balança da verdade. Assim concedia seu veredicto para a salvação ou o castigo e ninguém escapava das suas sentenças. Guardião da deusa Ísis, foi ele quem proporcionou os medicamentos para a cura de Osíris.
Características: o protegido de Anúbis é dotado de grande força de vontade, inteligência e paciência. Tem dons de cura e sabe conduzir seu destino. Fiel, seguro de si, não gosta que as pessoas invadam sua privacidade. Perseverante, econômico, ótimo administrador, tem o exato senso de justiça.

Bastet: uma das esposas do deus Rá, era representada como uma gata e por isso foi muito admirada por seu vigor e agilidade. Nas pinturas, aparecia como uma mulher com a cabeça de uma felina com um chocalho na mão, carregando um cesto, que defendia seu marido contra as serpentes malignas.
Características: seu protegido é uma pessoa bondosa, cordial e sempre está disposta a proteger os outros. Bastante independente, assim como um felino, preza sua liberdade e faz apenas o que tem vontade. Divertido, atraente, sedutor, tem dons para a arte, cinema e teatro. Às vezes, se mostra um pouco rebelde, até mesmo excêntrico para os outros.

Taueret: a sua representação é uma fêmea de um hipopótamo, considerada como a protetora das mulheres grávidas, dos nascimentos e dos que podiam renascer dos reinos dos mortos. A lenda dizia que quando ela afundava nas águas do Nilo, estas subiam e, assim, suas margens se tornavam cultiváveis, trazendo abundância nas colheitas. É simbolizada com seios de mulher, patas de leoa e cauda de crocodilo.
Características: seu protegido tende a ter muita intuição e geralmente gosta de assuntos relacionados à área de esoterismo, ocultismo, astrologia etc. Tem grande capacidade de entendimento e geralmente sua vida é destinada a ajudar a família e o próximo. Tudo em sua vida é muito bem planejado e aproveitado; além disso, garante o bem dos mais próximos.

Sekhmet: deusa da guerra, destruía os inimigos de Rá. Muito poderosa, é representada como uma mulher com cabeça de leão portando uma coroa com um disco solar.
Características: os protegidos da deusa Sekhmet tem grande vitalidade e força física. É dotada de muito magnetismo pessoal, além de força física. Tem muito senso de organização, dinamismo e sempre está envolvido em empreendimentos ousados. Não tem medo de nada. A única coisa que deve tomar cuidado é com o impulso descontrolado de resolver tudo rapidamente nos assuntos amorosos.

Ptah: deus da fertilidade masculina, era considerado como o grande mago construtor das belas-artes e dos artistas. Era chamado também de O Grande Construtor ou o Divino Artesão. Em sua forma animal, era um boi preto com uma mancha triangular branca na testa e tinha a função oracular; era associado ao boi Ápis.
Características: o protegido de Ptah tem um forte temperamento, é perseverante e geralmente desenvolve talentos na arte e tudo que o que se relaciona a construção, arquitetura e a engenharia. A felicidade para os nascidos neste período deve estar associada também ao conhecimento da espiritualidade, caso contrário pode viver em uma eterna insatisfação. É bastante exigente no que diz respeito ao amor.

Tot: representado como um homem com a cabeça de íbis, a ave sagrada, é considerado como o criador da fala e o inventor da escrita. Também é o deus do tempo, das medidas e de todas as ciências.
Características: com grande capacidade de comunicação e inteligência rápida, seu protegido tem uma natureza ágil, nervosa e está mudando constantemente. Não consegue ficar parado. Sempre inventa coisas para fazer, dizer ou adapta-se aquilo que sua inteligência ainda não dominou; adora a arte da superação.

Isis: teve um lugar privilegiado no panteão egípcio, pois se casou com Osíris e teve com ele um filho, Hórus.
Características: dotado de grande sensibilidade e muita imaginação, o nascido neste período tem um forte instinto paterno ou materno e está sempre pronto a socorrer os necessitados. Seu protegido é fiel e compreensivo com todos. Gosta da vida doméstica e é bastante sentimental. Também é bastante gentil.

Monica Buonfiglio/ Especial para o Terra

Fonte: http://www.terra.com.br/cgi-bin/index_frame/esoterico/monica/colunas/2009/09/15/000.htm, em 18 Set 09, às 13h36min

terça-feira, 8 de setembro de 2009

A Radiestesia e seus instrumentos

A Radiestesia e seus instrumentos
:: Maria Isabel Carapinha ::

A palavra Radiestesia significa sensibilidade a energias. Quantas e quantas vezes não entramos em determinados ambientes e não nos sentimos bem. Outras vezes, encontramos pessoas e dizemos que a energia não bate. Tudo isso nada mais é do que a sua sensibilidade às energias. Os instrumentos radiestésicos tornam visíveis todos esses efeitos que sentimos.
A nossa mente capta as energias que estão ao nosso redor e as armazenam em nosso subconsciente. Quando acessamos essas informações através de perguntas objetivas, impulsos neuromusculares são enviados pelo nosso braço e o pêndulo amplifica esses movimentos girando no sentido horário ou anti-horário. Por convenção mundial, fazemos a seguinte interpretação: movimentos no sentido horário correspondem a respostas afirmativas SIM e movimentos no sentido anti-horário a respostas negativas NÃO.
No começo da prática da Radiestesia, a dedicação é o caminho do sucesso. Podemos nos perguntar como acreditar em uma resposta fornecida pelo pêndulo. Eu, de pronto, lhe respondo: faça exercícios que possa comprovar e, então, se sentirá segura.

Sempre em meus cursos, sugiro os seguintes exercícios:

- Pegue uma pilha, embrulhe-a em um pedaço de papel, gire-a de forma a não saber qual lado é o positivo e qual é o negativo. Depois com o pêndulo em sua mão, aponte para um dos lados da pilha e pergunte: este é o pólo positivo? O pêndulo girará no sentido horário, caso a resposta seja afirmativa ou girará no sentido anti-horário para uma resposta negativa; desembrulhe então a pilha e verifique a sua resposta.

- Pegue quatro copos de água. Em um deles, coloque um pouco de sal, em outro coloque um pouco de açúcar e em mais um deles coloque novamente o sal.
Você terá, então, dois copos com água com sal, um com água com açúcar e mais um somente com água. Mantenha um deles contendo água com sal em sua mão, esse será seu testemunho energético.
Peça a alguém que embaralhe a posição dos copos, a fim de que você não tenha como interferir. Com o pêndulo em cima de cada um dos copos, vá perguntando: esta água é energeticamente igual a que tenho na minha mão? E esta? E assim por diante, assim que houver uma resposta afirmativa, confira molhando seu dedo na água e experimentando-a.

- Pegue dez cartas de baralho, sendo duas iguais, mantenha uma delas em sua mão e vá perguntando sobre cada uma delas se é energeticamente igual a que você tem na mão. Assim que obtiver uma resposta afirmativa, confira virando a carta.

- Pegue uma chave e sua cópia, peça a alguém que esconda esta chave em sua casa, vá de cômodo em cômodo perguntando se ali existe uma energia igual a que tem na mão, até que encontre o cômodo e depois o local exato onde a chave se encontra.
Todos esses exercícios nos levam ao desenvolvimento de nossa autoconfiança. Como duvidar de algo que está medindo se fez exercícios e pode comprovar que a Radiestesia realmente funciona, bastando para tanto captar a energia emitida?

Que fascinante tudo isso se torna, estamos medindo e temos absoluta certeza do diagnóstico fornecido e se o diagnóstico fornecido é exato, podemos afirmar com toda convicção que a cura apresentada trará os resultados que desejamos.
Eu, pessoalmente, prefiro trabalhar com a Radiestesia na parte da manhã, quando nossa mente está vazia, tranqüila e serena.
Eu sempre gosto muito de contar histórias, pois com elas é possível demonstrar de maneira prática as diversas aplicações desta maravilhosa ciência que está ao alcance de todos.

Tenho uma amiga que adora cachorros e como somente os dela não a preenchem, ela se dedica quase que de maneira integral a cuidar de cachorros que encontra abandonados na rua, e além de cuidá-los, tem sempre a seguinte missão: encontrar a casa da qual saíram. Olha que cachorros perdidos andam muito, não se pode ter noção até que muitas histórias sejam acompanhadas.
Normalmente, eu a ajudo nesta busca sem fim, pois no seu caso, como encara isso como missão de vida, os casos são inúmeros. Mas um em especial chamou-me a atenção. Certo dia, esta amiga me liga e diz: tenho um cachorro em casa que encontrei em uma avenida principal próximo de casa. É um pastor alemão lindo demais e muito triste.
Sei do amor que ela tem pelos bichos e nem dei muito importância, pois era mais um caso. O que sempre faço é pedir um pouco do pêlo do bicho, a fim de ser meu testemunho energético de busca e depois lhe passar o diagnóstico. Nesta etapa da descrição, cabe um parêntese: são inúmeros os casos que vejo de abandonos propositais, ou seja, os donos se mudam para apartamentos ou mudam de cidade e simplesmente largam o bicho na rua. Esse é o meu parêntese de indignação, mas vamos à conclusão desta história que teve um final feliz.

Neste dia em que ela me procurou eu estava próximo à casa dela e disse-lhe que iria passar por lá para pegar um pouquinho do pêlo do cachorro. Quando cheguei e vi o cachorro, achei-o lindo mesmo, mas mergulhado em uma tristeza que comovia qualquer um que olhasse para ele. Fiquei completamente sensibilizada e desejando achar a casa onde ele havia partido o quanto antes.
Iniciei ali mesmo as buscas utilizando-me de um mapa com os bairros mais próximos, fui encontrar uma energia semelhante a uns 10 km de onde estávamos, não conseguia a exatidão de ruas, pois o cachorro já estava perdido há algum tempo, pelas condições em que se encontrava.

Esta minha amiga que sempre deu grande credibilidade à Radiestesia, em nenhum momento me questionou, apesar da distância, somente me informou que cachorros perdidos andam muito; vamos fazer o possível para encontrar seus donos, se é que não o abandonaram propositadamente.

O método que utilizamos nestes casos é sempre o mesmo, identificamos o bairro e então colocamos cartazes em pet shops do local, postos de gasolina, clínicas veterinárias, bancas de jornais.
E, neste caso, ocorreu o seguinte: a neta da dona do cachorro que também mora no mesmo bairro, viu o anúncio e ligou para minha amiga.

Para terminar, em poucas palavras, sua avó de 83 anos era a dona do cachorro e se encontrava em péssima condição de saúde após o desaparecimento do cachorro que saiu por um descuido do portão aberto.
O encontro foi emocionante segundo o relato de minha amiga. Falou-me que só estando lá para sentir o amor entre a dona e o cachorro.

Aqui, finalizo meu artigo desta semana dizendo que tudo isso só foi possível com auxílio desta maravilhosa ciência que atua nos mais diversos campos de nossas vidas e que está ao alcance de todos, pois todos nós já nascemos radiestesistas, o que precisamos fazer é somente aprimorar nossos conhecimentos.
Nos vemos na próxima semana!

Maria Isabel Carapinha é Radiestesista, trabalha com Feng Shui,
ministra cursos e atende em São Paulo.




Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=09079, em 08 Set 09, às 11h51min

sábado, 5 de setembro de 2009

A nova imagem da Via Láctea

Você mora aqui

Redação do Site Inovação Tecnológica - 02/09/2009

Você mora aqui
[Imagem: NASA/JPL-Caltech]

A nova imagem da Via Láctea

Em 2008, analisando imagens captadas pelo Telescópio Espacial Spitzer os astrônomos tiveram uma surpresa: os braços da Via Láctea não pareciam ser tão uniformes quanto se pensava até então.

Nunca foi uma tarefa fácil olhar para nossa própria galáxia. O fato de estarmos em seu interior torna extremamente difícil a tarefa de simular uma visão de toda a sua estrutura, como se a estivéssemos vendo à distância.

Agora, usando as novas imagens captadas pelo Spitzer, os cientistas finalmente conseguiram fazer um "retrato" da Via Láctea mais realista - ou, pelo menos, mais condizente com os melhores dados coletados até agora.

Espiral de dois braços

Os novos dados indicam que a estrutura da nossa galáxia é dominada por apenas dois braços gigantes que se espiralam a partir de uma barra central de estrelas localizadas no seu núcleo. Até agora se acreditava que a Via Láctea tinha quatro braços similares.

Na parte central do núcleo, acredita-se encontrar um buraco negro supermaciço, chamado Sagitário A.

A ilustração artística mostra os dois braços principais, chamados Scutum-Centaurus e Perseus, bastante salientes. Os dois outros braços, Norma e Sagittarius, agora quase desaparecem no meio da estrutura brilhante e difusa.

Berço de estrelas

Os dois braços principais contêm as mais altas densidades de estrelas, tanto jovens quanto antigas; os dois braços menores consistem principalmente de gás e poeira interestelar, a matéria-prima para o surgimento de novas estrelas.

"O telescópio Spitzer nos deu um ponto de partida para repensar a estrutura da Via Láctea," disse Robert Benjamin, da Universidade de Wisconsin, que coordenou o trabalho.

"Nós continuaremos revisando nossa imagem da mesma forma que os primeiros exploradores navegando ao redor do globo precisavam revisar constantemente seus mapas," prometeu o astrônomo.

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=voce-mora-aqui&id=010130090902&ebol=sim, em 05 Set 09, às 09h58min


sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Brócolis




VAMOS COMER BRÓCOLIS!


O Porque Do Brocolis Ser Essencial Pra Voce


Brocolis e um membro da familia do repolho, e muito proximo da couve-flor. O seu cultivo teve origem na Italia. Broccolo, e um nome italiano, que significa "broto de repolho".O brocolis proporciona uma variedade de sabores e texturas desde suave ( a flor ) a fibroso e crocante ( o talo e o tronco ) devido aos seus diferentes componentes. Nao deixe que o cheiro dos compostos de enxofre que sao liberados enquanto ele e cozido afaste voce deste vegetal altamente nutritivo.

Protecao Contra o Cancer

Semelhante a outros vegetais cruciferos, o brocolis contem fitonutrientes sulforafane e indole que tem efeitos anticancerigenos importantes.

Os cientistas descobriram que o sulforafane incentiva as enzimas de desintoxicacao do organismo, potencialmente por alterar a expressao genica, contribuindo assim para limpar substancias potencialmente carcinogenas mais rapidamente. Quando investigadores em Johns Hopkins estudaram o efeito do sulforafane sobre a formacao tumoral em animais em laboratorio, constataram que os animais que tinham recebido sulforafane tiveram menos tumores, e que os tumores que eles desenvolveram cresceram lentamente e pesavam menos, o que significa que eles eram menores.

Sulforafane tambem pode oferecer uma protecao especial para as pessoas com genes suscetiveis ao cancer de colon, sugere um estudo realizado na Rutgers University, publicado online na revista Carcinogenesis.

Cruciferos Reduzem o Risco de Cancer de Bexiga

Estudos consistentemente mostram que as dietas ricas em legumes cruciferos , tais como brocolis, kale ( tipo de repolho ), repolho e couve-flor, estao associadas com uma menor incidencia de alguns tipos de cancer, incluindo pulmao, colon, mama e ovario. E a pesquisa publicada no International Journal of Cancer (Zhao H, Lin J) sugere que o cancer da bexiga pode se juntar a lista.

As propriedades dos vegetais cruciferos de combate ao cancer sao "bem conhecidas" e entendidas como o resultado dos seus altos niveis de ativos fitoquimicos chamado glicosinolatos, que o corpo metaboliza em isotiocianatos ( que sao anticancerigenos poderosos ).

Kaempferol, um Protetor Contra Cancer de Ovario

Foi observado que as mulheres cujas dietas sao ricas em kaempferol, um flavonoide concentrado em cha (como cha verde), brocolis e cebola, tem 40% menor risco de cancer do ovario, em comparacao com as mulheres que ingerem muito menos kaempferol. (Ta Gates, Tworoger SS, et al. Int J Cancer.)

Quantas porcoes semanais de legumes cruciferos voce precisa para diminuir seu risco de cancer? Apenas de 3 a 5 porcoes (menos de uma porcao por dia! ).
Sendo uma porcao = 1 xicara.


Brocolis e um Vegetal que Protege o Cardiaco

Brocolis tem sido apontado como um no pequeno numero de vegetais e frutas, que contribue para a reducao significativa no risco de doenca cardiaca visto em uma recente meta-analise de sete estudos prospectivos. Das mais de 100.000 pessoas que participaram destes estudos, aquelas que mais frequentemente incluem brocolis, cha, cebolas e macas ( ricas fontes de flavonoides ) nas suas dietas adquiriram uma reducao de 20% no risco de doenca cardiaca.

Desintoxicacao

Por cerca de 20 anos, temos conhecimento de que muitos fitotonutrientes trabalham como antioxidantes para desarmar radicais livres antes que eles possam danificar o DNA, as membranas celulares e as moleculas que contem gordura, como o colesterol. Agora, novas pesquisas estao revelando que os fitonutrientes do brocolis agem em um nivel muito mais profundo. Realmente estes compostos avisam nossos genes para aumentar a producao de enzimas envolvidas na desintoxicacao, o processo de limpeza atraves do qual o corpo elimina compostos prejudiciais.

Estomago Sadio

Um estudo publicado no Antimicrobial Agents and Chemotherapy apoia a capacidade do brocolis de eliminar Helicobacter pylori (H. pylori). Neste estudo, o sulforafane foi capaz de erradicar completamente H. pylori em 8 dos 11 animais que tinham sido infectados. Os resultados foram tao dramaticos que os pesquisadores concluiram que o brocolis rico em sulforafane pode ser benefico para o tratamento ou prevencao da infeccao por H. pylori, uma causa primaria de ulceras. Uma investigacao clinica esta sendo prevista para que venha confirmar estes resultados e outros semelhantes achados, e potencialmente oferecer uma abordagem eficaz de uma dieta para eliminar H. pylori.

Nutrientes do Brocoli Cozido no Vapor

1 Xicara ( 156 gramas )

Vitamina C 123.40 mg
Vitamina K 155.20 mcg
Fibra 4.68 g
Manganese 0.34 mg
Potassio 505.44 mg
Vitamina B6 0.22 mg
Vitamina B2 0.18 mg
Fosforo 102.80 mg
Magnesio 39.00 mg
Proteina 4.66 g
Omega 3 0.20 g
Vitamina B5 0.79 mg
Ferro 1.37 mg
Calcio 74.72 mg
Vitamina B1 0.09 mg
Vitamina B3 0.94 mg
Zinco 0.62 mg
Vitamina E 0.75 mg


Fonte: WHFoods : The World`s Healthiest Foods

(recebido por e-mail da Sedi no dia 04 Set 09)